Sign up with your email address to be the first to know about new products, VIP offers, blog features & more.

 Dicas para ficar com uma dieta baixa em carboidratos

Uma vez que você tenha estado em uma dieta baixa em carboidratos por algumas semanas, seus desejos de doces devem diminuir e seus níveis de energia provavelmente aumentarão. Se você é novo em carboidratos baixos e achando difícil ficar no plano de refeições, há muitos recursos disponíveis para ajudá-lo a superá-lo.

Junte-se a um fórum baixo do carb. Este é um ótimo lugar para ir se tiver dúvidas ou precisar de algum conselho. É provável que sua pergunta já tenha sido respondida no fórum, mas, se não, há muitas pessoas lá para prestar assistência. Os fóruns são um lugar para conhecer outros em vários estágios da baixa vida carb.

Inicie um blog. Um blog é uma ótima maneira de compartilhar suas experiências com os outros. Se você não está escrevendo na web, tente anotar as coisas em um diário. Um blog ou revista é o lugar perfeito para voltar e ver o quão longe você veio e o que você aprendeu ao longo da sua jornada.

Prepare as refeições com antecedência e aproveite o seu freezer. Procure por pratos que congelam bem e guarde-os em recipientes congeladores menores ou vedação a vácuo. Estes jantares congelados caseiros são úteis quando o tempo é apertado. Os produtos assados ​​como brownies e pães doces podem ser congelados em porções de tamanho único para lanches rápidos mais tarde.

Mantenha lanches saudáveis ​​à mão. Quando as coisas ficam agitadas e ocupadas, é fácil agarrar uma mordida para a estrada. Alguns grandes alimentos para os dedos são amêndoas, bagas, palitos de queijo e ovos cozidos. Cortar vegetais crus como o aipo, brócolis, couve e fatias de pepino e tê-los preparados na geladeira para lanches rápidos.

Experimente novos alimentos. Assim como qualquer coisa, é fácil ficar aborrecido com a mesma coisa o tempo todo. Encontre novas receitas para tentar compartilhar. Há uma variedade de alimentos baixos com carboidratos disponíveis e ainda mais opções se você estiver disposto a aprender a preparar alimentos sozinho.

Mais importante, não desista. Pense nisso como uma mudança de estilo de vida, não como uma dieta. A mudança de velhos hábitos levará tempo, mas vale a pena o esforço.